FETEAG DIGITAL

Estamos passando um momento único, isoladxs e muitxs, ansiosxs, na perspectiva de como e quando poderemos estar juntxs novamente. Sendo assim, nos propomos a pesquisar, fazer uma breve curadoria, e compartilhar diariamente vídeos de espetáculos de dança, teatro, ópera e música, disponíveis ao público em diversas plataformas online do mundo. A proposta desta ação não se configura como a realização de um FESTIVAL ONLINE, ela busca essencialmente valorizar e difundir os trabalhos compartilhados, buscando atingir um maior público possível, procurando mantê-lo conectado e criativo enquanto os teatros não reabrem as suas portas. Como essa iniciativa não conta com patrocínio, convidamos a todxs a visitarem as páginas dos grupos e companhias aqui veiculadas, para melhor conhecê-los e apoiá-los nesse momento difícil que atravessamos.

Mesmo distantes, este é um convite para curtirmos juntxs e aproximar nossos olhares.

Esperamos poder contribuir para tornar esse tempo um pouco mais leve.

 Divirtam - se!

PEÇA

 

O espetáculo Peça, escrito e encenado por Marat Descartes dentro de sua casa, reflete a partir da linguagem documental sobre o contexto sociopolítico do Brasil e sobre as questões levantadas pela necessidade do isolamento social, como a suspensão do tempo, a crise de sentido e o desejo de um novo futuro.

FICHA TÉCNICA

Concepção, texto e atuação: Marat Descartes / Direção: Janaina Leite / Colaboração: Nuno Ramos /  Assistência de direção: Gisele Calazans /  Figurino: Fabio Namatame /  Cenário e luz: Marisa Bentivegna / Vídeos: Gabi Brites / Trilha sonora original: Natalia Mallo / Produção: Corpo Rastreado - Natasha Bueno / Assessoria de imprensa: Canal Aberto – Márcia Marques
Assistentes de assessoria de imprensa: Daniele Valério e Diogo Locci / Comunicação digital: Thompson Loiola/ 99 Comunicação
Programação visual: Sato do Brasil /  Realização: Fermina Daza Produções artísticas e Corpo Rastreado

 

De 20 de junho a 31 de julho 2020
Quintas a domingos, às 21h

0d40ec_14cc0a64b6534ad1a24973f758550a06.

TERRA

 

Uma mulher pisa na terra. Fazia tempo que não sentia a terra nos seus pés. Ao senti-la, lembra do carinho que brota da terra. Dela, desenterra os seus segredos, as coisas pequenas de que é feito o amor que cultivamos na terra. Inspirada na ideia de que as crianças costumam enterrar coisas que lhes são significativas, Sandra Vargas cria um texto que fala de memória, dos laços afetivos e do amor que está dentro de todos nós e que é a base de todo ser humano.

FICHA TÉCNICA

Realização: Grupo Sobrevento / Texto, Direção e Interpretação: Sandra Vargas /  Cenografia e Adereços: Liana Yuri e Sueli Andrade / Direção Musical e Musicas Originais: William Guedes  / Iluminação: Renato Machado /  Preparação Corporal: Sueli Andrade e Almir Ribeiro /  Figurino: Sandra Vargas

 

Dia 20 de junho
A partir das 16h, ficando disponível por 24h.

images.jpeg
APOIO DE DIVULGAÇÃO
© 2018 Festival de Teatro do Agreste
Rua Carlos Laet, 325 - Indianópolis, Caruaru - PE
Telefone: +55 81 999642555
REALIZAÇÃO  |
 

Teatro

Experimental de Arte